Carnaval em Alter do Chão -Um paraíso singular!

Santarém - Pará
1/6

ALTER DO CHÃO - PA

O CARIBE AMAZÔNICO

6 dias / 5 noites (Carnaval 2020)

 

Um paraíso ainda pouquíssimo conhecido, uma região com propensões ao superlativo; em uma só região você tem o privilégio de conhecer 2 dos maiores rios do mundo, o Amazonas com suas águas escuras e o Tapajós com suas águas azuis, a maior floresta do planeta, culinária típica, considerada a verdadeira culinária brasileira, oriunda dos índios com seus ingredientes típicos da Amazônia. As praias de águas doces e azuis e suas areias brancas do Rio Tapajós considerada umas das praias mais bonitas do Brasil e do mundo, os Botos Rosas, a Floresta Misteriosa dentro D`água e o magnífico por do sol no Rio Tapajós....

História, cultura, natureza, aventura, culinária e descanso em 1 só roteiro, no Pará, mais precisamente em Alter do Chão.

Considerado o nosso “Caribe Fluvial “

 

Data: De 21/02/2020 a 25/02/2020.

 

Saída: 21/02/2020 – Sexta-feira – Apresentação ( Aeroporto de Cumbica ) as 19h15, voo ( GOL) as 21h15, chegada as 3h15 ( 22 de fevereiro) da manhã no aeroporto de   Santarém .

 

Retorno: 25/02/2020 (Terça-feira), apresentação às 21h40 para embarque as ( GOL ) 23h25  no Aeroporto de Santarém. Chega no aeroporto de Cumbica as 08h55.

 

Preço por pessoa só parte terrestre: R$ 2.490,00 em 07x de R$ 356,00 sem juros.

Preço por pessoa com aéreo: R$ 3.200,00 em 07x R$ 458,00 sem juros.

 

Valores para apartamentos single e crianças sob consulta.

 

Incluso: Transporte em vans, lanchas/voadeiras, hospedagem em pousada (ar condicionado, ventilador e banheiro privativo); meia pensão (café da manhã e 5 almoços); passeios; seguro-viagem; guias especializados e traslados para os passeios .

 

 

Passeios: Lago Verde, Serra da Piroca, Igapós e Igarapés, Floresta Encantada, Ponta do Cururu, Canal do Jari, Floresta Nacional de Tapajós – FLONA- Comunidade de Jamaraquá.

 

Roteiro:

1º dia: 21/02 (Sexta-feira) – São Paulo / Santarém / Alter do Chão.

Embarque no Aeroporto de Cumbica ás 19h15 com destino à Santarém – PA  chegada Transfer com destino à Altér do Chão (em torno de 40 min de viagem 25km ) e acomodação na Pousada.

 

2º dia: 22/02 (Sábado) – Lago Verde / Serra da Piroca / Igapós e Igarapés / Floresta Encantada / Ponta do Cururu.

Após café da manhã, iniciaremos a travessia do Lago Verde em Lanchas (voadeiras), cruzaremos o Lago Verde e aportaremos na principal praia de Altér do Chão ( Ilha do Amor ). Iniciaremos nossa caminhada em direção a Serra da Piroca, que é a maior elevação da região, a vegetação é de Cerrado, até começar uma subida íngreme, mas relativamente curta, aproximadamente 1 hora de caminhada até o topo. Do alto teremos uma visão espetacular de 360 graus do Rio Tapajós, do Lago Verde com suas baias, do Rio Amazonas ao norte e Altér do Chão ao Sul e da Floresta Nacional de Tapajós, este é um ponto de grande beleza cênica.

No retorno navegaremos com destino a uma baia do Lago Verde ( Igapó do Macaco), parte da Selva que fica submersa no período entre março e agosto, a paisagem é belíssima, com possibilidade de visualização de peixes e pássaros. Entre os meses de setembro a fevereiro, a paisagem neste Igapó é completamente diferente, temos os Igarapés e nascentes com suas bacias de águas cristalinas, onde podemos tomar um delicioso banho.

O almoço ( incluso ) será em um  restaurante as margens do Lago Verde especializado em Pratos Típicos do Pará. Após o almoço retorno a Alter do Chão e tempo livre para curtir a “Ilha do Amor” com suas praias, dunas, quiosques e suas água azul, calma e morna. Após o Pôr do Sol no Píer, retorno a pousada e noite livre.

 

3º dia: 23/02 (Domingo) – Canal do Jari – Lagoa Preta – Ponta de Pedras e Pôr do Sol na Ponta do Cururú.

Atravessando o Rio Tapajós em direção Norte, chegamos numa região de várzea, área inundável, riquíssima em flora e fauna, com casas em palafitas e muito para desfrutar: O Furo do Jari; canal estreito que liga o Rio Amazonas ao Rio Tapajós e nos impressiona com sua abundante flora e fauna. Visitaremos lagos com Vitória Régia, a maior planta flutuante da Amazônia (época de cheia), e andaremos por trilhas a pé na época seca ou de canoa na época cheia, densamente povoadas de animais: jacarés, botos, macacos de vários tipos, iguanas, preguiças, centenas de aves são algumas das espécies que poderemos encontrar neste passeio.

A abundância de peixes deste braço do Amazonas faz que a pesca artesanal seja possível para os visitantes menos experientes, poderemos pescar: Piranhas, Bagres, Traíras e outros peixes...

O almoço será na Ponta de Pedras, pequena comunidade na beira do Rio Tapajós, onde famílias nativas preparam deliciosos pratos de peixes da região enquanto desfrutamos de um banho nas cálidas águas do Tapajós. Apreciaremos o pôr do sol na Ponta do Cururu, praia do Rio Tapajós, com cristalinas águas, e onde é frequente a presença de botos cor de rosa mostrando um inesquecível espetáculo. Retorno a Pousada e noite livre.

 

4º dia:24/02 ( Segunda- feira ) – Floresta Nacional do Tapajós – FLONA – Comunidade de Jamaraquá.

Após o café da manhã saída em lancha rápida as 08h30 navegando o Rio Tapajós em direção ao sul durante 1hora, adentraremos na FLONA –Floresta Nacional do Tapajós- aproximadamente 650.000 has de floresta subtropical densa, floresta primária, habitadas e preservadas pelas populações tradicionais. Um povo simples e hospitaleiro nos convida a compartir e aprender seu saber antigo. Comunidades tradicionais que abraçaram diversos projetos de sustentabilidade da floresta; artesanato em látex e sementes, móveis rústicos, criação de abelhas nativas e o Ecoturismo;

Adentramos na selva primária numa trilha de 4hs de duração, apreciando árvores centenárias, nosso guia e mais um guia nativo da comunidade ensinarão no percurso da caminhada os usos das plantas, madeiras de lei para construção de canoas e casas, cipós e lianas para amarrar, plantas medicinais, etc .. além de explicar a vida da fauna que habita esta floresta.

O almoço será comida típica numa casa de família da comunidade, entre animadas conversas, compartindo e apreciando seus costumes.

Após esta visita familiar, entraremos em canoas por um cristalino Igarapé, fonte natural que nasce na floresta e vem verter suas águas no Rio Tapajós, sendo um berço de aves, peixes e outros animais. Suas claras águas convidam para a prática de snorkelling, sendo este um local de atração de cientistas e aficionados ao aquário do mundo todo.

Visitaremos a produção do Látex que duas famílias elaboram a partir da extração de borracha das “Seringueiras! , na Comunidade de Maguari.

Regresso a Altér do Chão apreciando o pôr do sol no Rio Tapajós. Noite livre.

 

5º dia: 25/02 ( terça-feira ) – Belterra -  Praia de Pindobal – São Paulo.

Após o café da manhã, saída às 8h de ônibus / van para Belterra. O núcleo urbano foi construído por Henry Ford na década de 30, para a produção de borracha a partir da extração de látex  das seringueiras. Hoje além das casas de madeira, Belterra preserva hidrantes e uma antiga caixa d`água metálica originais. No Centro de Memória há registros históricos, como livros e fotografias. A partir de Altér do Chão são 17km de estrada de terra.

Almoço na Praia de Pindoba,l esta praia fica no município de Belterra, que é próximo de Alter do Chão. O que impressiona em Pindobal é que nela podemos perceber quão grande e largo é o Rio Tapajós, pois não dá opara ver a margem do outro lado do rio. A sensação é que é um “mar de água doce”. O lugar é tranquilo, com águas calmas e escuras. Considerada uma das praias mais bonitas e encantadoras do Pará, ótima para quem gosta de águas calmas e mornas. Tem uma excelente infra - estrutura de bares e restaurantes e todos servem na praia, onde você pode provar da Tijuca a cerveja tradicional da região ou um suco de algum dos dezenas de frutos da região. O almoço será um delicioso Tucunaré assado, o peixe é um ingrediente popular na Culinária Paraense. Retorno a pousada as 17hs. Arrumar as bagens, fechar a conta e embarque com destino ao Aeroporto de Santarém as 20hs. Embarcaremos com destino a São Paulo as 21h40 . Chegada em São Paulo,  prevista às 08h55.

O que levar para o passeio: mochila pequena, um par de tênis confortável com sola aderente (EXTRA), protetor solar (mesmo com o tempo nublado), repelente,  boné/chapéu,  roupa de banho, capa de chuva, cantil/garrafa de água, agasalho (moletom/casaco impermeável), roupa leve para caminhada, máquina fotográfica, toalha, saco plástico (para lixo), barras de chocolates ou de cereais, frutas secas, castanhas, bolachas, isotônico etc

 

Condições Gerais: A Biotrip Ecoturismo, declara que serve como intermediária entre os passageiros e as cias. Transportadoras, hotéis, restaurantes, barcos e demais prestadores de serviços. Reserva-se o direito de alterar o itinerário e a programação por motivos climáticos, de força maior ou que envolvam a segurança dos passageiros, sem aviso prévio. É importante ressaltar, que todos os passeios se realizaram com o acompanhamento do guia da agência, além dos instrutores de cada atividade (quando houver) treinados para proporcionar maior segurança a todos.

 

Cancelamento e Devoluções: (de acordo com a deliberação normativa nº 161 de 09 de Agosto de 1985 da Embratur); 90% até 31 dias do início da viagem; 80% de 21 a 30 dias do início da viagem; 50% de 7 a 20 dias do início da viagem, 0% a menos de 7 dias do início da viagem.

 

ou 07x R$ 458

R$ 3200

com aéreo

TIRE SUAS DÚVIDAS CONOSCO! 

biotrip@biotrip.com.br

tel: (11) 2366-3476

whatsapp: (11) 95461-9547

BIOTRIP

VIAGENS ECOLÓGICAS desde 1989

biotrip@biotrip.com.br

tel:  (11) 2366-3476

       (11) 95461-9547

whats.jpg
CNPJ 23.776.780/0001-61
© 2017 | Todos os direitos reservados Biotrip Ecoturismo
foto elo.png
hipercard.png

Formas de pagamentos:

*Cartão de crédito e débito

foto visa.jpg
foto matercard.png
Parceiros

Siga-nos! 

  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle